Dulce Helfer e Gilberto Perin traduzem em imagens a pluralidade da Casa de Cultura Mario Quintana

Dentro das comemorações de seus 29 anos, a Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) apresenta a exposição “Esconderijos do Tempo”. São 22 fotografias inéditas de Dulce Helfer e Gilberto Perin, que retratam os espaços e atividades da Casa, além de recantos e encantos do prédio histórico. A abertura será no dia do aniversário: 25 de setembro, às 19h, no Espaço Majestic. A visitação é gratuita, de terças a sextas, das 9h às 21h, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 21h, até 16 de outubro.

São onze imagens de cada fotógrafo, em cor e preto e branco, com uma visão sensível e única da Casa de Cultura, mostrando as muitas facetas de um espaço multicultural, turístico e emblemático para a história de Porto Alegre. O nome da mostra é uma citação do título do livro homônimo, lançado em 1980, e que rendeu a Mario Quintana o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Os fotógrafos:

Dulce Helfer

Foto: Dulce Helfer

Trabalhou 27 anos no jornal Zero Hora, em Porto Alegre e também na Secretaria de Cultura do RS. Já realizou dezenas de exposições individuais e coletivas e recebeu 24 prêmios, entre eles: Sociedad Interamericana de Prensa, dois Prêmios Press, como melhor fotógrafa do RS, Prêmio Nacional de Direitos Humanos, Prêmio de Fotografia do Banco Itaú e Prêmio de Cultura Joaquim Felizardo. Participou com textos e fotos em 48 livros. Na área de cinema, trabalhou com David Lynch e fez still e making off em filmes dos diretores Tabajara Ruas, Beto Souza e Roberto Gervitz.
Em 2018, participou do livro de Fernanda Montenegro e lançou o projeto de sustentabilidade das águas, chamado “Poesia Líquida”, com lançamento de um livro e exposição no Museu de Arte do Rio grande do Sul (Margs), onde, nos 3 meses de exibição, recebeu mais de 22 mil visitantes. Está selecionada para a Bienal BlackBrazilArt, que irá percorrer diversos estados do Brasil.

Gilberto Perin

Foto: Gilberto Perin

Graduado em Comunicação Social pela PUC-RS, é fotógrafo, roteirista e diretor de cena. Em 2018, apresentou a individual “Linha d’Água/Sem Identificação”, no Margs, em Porto Alegre. Em 2019, expôs a série “Fake Photos”, no Centre des Artes da Escola Internacional de Genebra, Suíça; e também apresentou a individual “Sem Identificação” n’A Pequena Galeria, em Lisboa, Portugal.
No Museu do Futebol (SP), integrou o projeto “Vestiário” (2013), junto com Felipe Barbosa e VJ Spetto, com fotos dos vestiários de um time de futebol da segunda divisão no Rio Grande do Sul. “Camisa Brasileira”, outra exposição com fotografias da mesma série, participou do Circuito de Artes-Sesc no Rio Grande do Sul (2010 a 2012), além de exposição na França (2011) e Itália (2014). Participou de diversas coletivas, entre elas: “Queer Museu” (2017/2018), em Porto Alegre e Rio de Janeiro. Publicou dois livros: “Camisa Brasileira” (2011), ensaio fotográfico nos vestiários de futebol; e “Fotografias para Imaginar” (2015) a partir de exposição do mesmo nome. Tem fotografias no Margs, Museu de Arte Contemporânea do RS (MAC-RS), Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo (Malg), em Pelotas (RS), Centro Cultural Erico Verissimo, Casa de Cultura Mario Quintana e em coleções particulares no Brasil e Exterior.

Clique AQUI e conheça um pouco da história da Casa de Cultura Mario Quintana

SERVIÇO
Exposição “Esconderijos do Tempo” – de Dulce Helfer e Gilberto Perin
Abertura: 25 de setembro (quarta), às 19h
Período: de 25 de setembro a 16 de outubro
Local: Espaço Majestic | Térreo andar da CCMQ (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico /Porto Alegre)
Visitação: de terça a sexta, das 9h às 21h; e sábados, domingos e feriados, das 12h às 21h
Entrada Franca

Voltar