Galeria Xico Stockinger

 

MACRS  – Um museu com relíquias de um outro tempo: o nosso.

O Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul/MACRS, foi criado pelo Decreto nº 34.205 em 04 de março de 1992 e ocupa as Galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, no 6º andar, da Casa de Cultura Mario Quintana. Órgão vinculado à Secretaria Estadual da Cultura tem por objetivo pesquisar, preservar e divulgar a arte contemporânea regional, nacional e internacional, desenvolvendo propostas educativas que visem a compreensão deste campo da arte em suas várias modalidades. Dessa maneira, o MACRS tem como tarefa principal, ser uma instituição que vincule e promova o diálogo entre a grande diversidade de abordagens criativas em artes visuais e as linguagens artísticas contemporâneas.

Para conhecer melhor o MACRS e saber do programa de exposições e eventos visite www.macrs.blogspot.com ou curta nossa página no facebook.com/contemporanears

MACRS VOCÊ CONTEMPORÂNEO!

Xico Stockinger (Traun, Áustria, 1919 – Porto Alegre, 12/4/2009)

O escultor chegou ao país em 1921, e em 1946 estudou no Liceu de Artes e Ofícios no Rio, onde conheceu o escultor Bruno Giorgi, trabalhando em seu ateliê até 1950. No início da década de 50 transferiu-se para Porto Alegre e a partir dos anos 60 solidificou sua carreira com o primeiro prêmio no XVI Salão Municipal de Belas Artes, em Belo Horizonte/MG. Stockinger fundou em 1961 o Atelier Livre de Porto Alegre e participou da VI Bienal Internacional de São Paulo nas edições de 1963 e 1965. Teve atelier no bairro Vila Nova, onde esculpiu em 1995 as monumentais figuras femininas em bronze, peças denominadas Ritos de Passagens. Em 1997 integrou o grupo selecionado da I Bienal do Mercosul, Porto Alegre.