Espaço Vasco Prado

MACRS  – Um museu com relíquias de um outro tempo: o nosso.

O Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul/MACRS, foi criado pelo Decreto nº 34.205 em 04 de março de 1992 e ocupa as Galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, no 6º andar, da Casa de Cultura Mario Quintana. Órgão vinculado à Secretaria Estadual da Cultura tem por objetivo pesquisar, preservar e divulgar a arte contemporânea regional, nacional e internacional, desenvolvendo propostas educativas que visem a compreensão deste campo da arte em suas várias modalidades. Dessa maneira, o MACRS tem como tarefa principal, ser uma instituição que vincule e promova o diálogo entre a grande diversidade de abordagens criativas em artes visuais e as linguagens artísticas contemporâneas.

Para conhecer melhor o MACRS e saber do programa de exposições e eventos visite www.macrs.blogspot.com ou curta nossa página no facebook.com/contemporanears

MACRS VOCÊ CONTEMPORÂNEO!

 

Vasco Prado (Uruguaiana, 16/8/1914 — Porto Alegre, 9/12/1998)

Escultor e gravador brasileiro. Nos anos 50 fundou o Clube da Gravura, um dos marcos na história da arte gaúcha, realizando uma obra de cunho social e enfocando a temática regionalista do gaúcho em sua vida no campo. Lecionou escultura e desenho em seus ateliês, no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, na Universidade de Caxias do Sul e no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS). Fez monumentos públicos sobre temas e figuras ilustres da história e tradição gaúcha e brasileira, como o Tiradentes na Assembléia Legislativa do RS e diversas versões do Negrinho do Pastoreio. Além da maestria apresentada no manejo da pedra e do bronze, também foi um grande gravador, ceramista e desenhista. Tem obras espalhadas no Brasil e no exterior.